Dr. Audinei C. Neves

Col_AldineiGd

Dr. Audinei C. Neves

Fisioterapeuta

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Imprimir

Leptospirose: saiba o que é e como é transmitida

Em tempos de chuva as pessoas ficam com medo de doenças que podem ser transmitidas em contato com as águas das grandes tempestades e enchentes. O Espírito Santo passou por dias de caos causados pelas chuvas. Cidades alagadas, pessoas desalojadas, casas foram invadidas pela água, e com isso, vem a idéia de se contrair a leptospirose, doença causada pela urina dos ratos. Conheça agora um pouco mais sobre a doença.

A Prefeitura Municipal de Vila Velha, através da Secretária de Saúde, Márcia Andriolo, informou no site da PMVV que de janeiro a novembro deste ano, foram registradas, em Vila Velha, 42 notificações de leptospirose, ou seja, de suspeita da doença.

leptosp_fmt

Desses casos, houve 16 confirmações por meio de exames e três óbitos, e destes, apenas um esteve relacionado ao contato com as chuvas, enquanto os outros dois foram causados pelo contato com lixo e roedores durante o próprio trabalho das vítimas.

Márcia ressaltou que um grande número de casos notificados significa maior cuidado e atenção dos profissionais da saúde do município com a doença e sua prevenção. “Quando existe uma suspeita precoce, fazemos uma investigação para confirmar ou não o caso”, explica. Ela lembra que os óbitos ocorridos em Vila Velha não significam que a contaminação ocorreu no município.

A secretária apresentou números que mostram que o Espírito Santo e o município de Vila Velha ainda apresentam as menores taxas de contaminação pela doença em comparação com outros estados. Na Bahia, por exemplo, foram 131 notificações e 23 óbitos, o que significa que 17, 55% dos casos notificados resultaram forma fatais.

Ação contra a proliferação de roedores

A Secretaria de Saúde, através do o Centro de Controle de Zoonoses, intensificou as ações de desratização no município. Com a chegada do verão é considerável o acréscimo de pessoas passeando pelas ruas da cidade e a maior concentração de pessoas na orla, nos quiosques e balneários. Assim há maior exposição de alimentos e por essa razão as ações foram intensificadas a fim de diminuir a incidência de ratos nos locais de grande movimentação.

O que é feito?

Em todos os bueiros de todos os bairros foi colocado o pó parafinado, enquanto nas tocas foi depositado o pó de contato.  Essa medida é tomada de dois em dois dias. Para realizar a desratização foi feito um levantamento para averiguar que tipo de tratamento seria dado a cada bairro.

Leptospirose

O que é ?

É doença infecciosa, uma zoonose, causada por uma série de bactérias de aspecto muito peculiar lembrando um saca – rolhas, chamada leptospira. A forma mais grave da doença e com mais alta mortalidade é associada ao Leptospira icterohaemorrhagiae, chamada, com mais propriedade, doença de Weil.

Como se adquire ?

A infecção humana na maioria das vezes está associada ao contato com água, alimentos ou solo contaminados pela urina de animais portadores do leptospira. As bactérias são ingeridas ou entram em contato com a mucosa ou pele que apresentem solução de continuidade. Os animais classicamente lembrados são os roedores mas bovinos, eqüinos, suínos, cães,e vários animais selvagens são responsabilizados pela difusão da doença.

Quais os sintomas?

A doença é classicamente descrita como se mostrando em duas fases distintas. Após um período médio de 2 semanas desde a contaminação surgem os 1os sintomas (incubação) febre, calafrio, conjuntivite, dor nos músculos (mialgia), fotofobia (incômodo na presença da luz), dor de garganta, gânglios no pescoço, estes sintomas vagos permanecem por 3 a 7 dias. Quando parece que está chegando a cura, recrudescem as queixas. A piora é secundária à disseminação da doença, agora com envolvimento de vários órgãos e do sistema vascular. Surgem novos e importantes sintomas icterícia (amarelão) e hemorragia que dão nome à própria bactéria (Leptospira icterohaemorrhagiae), no maior número de casos a doença é autolimitada, persistindo por 1 a 3 semanas. A moléstia pode ser mortal em 5 a 20 % dos casos principalmente em idosos. A morte se dá freqüentemente por insuficiência renal.

Como se faz o diagnóstico?

A suspeita clinica, mialgia (dores musculares), febre e conjuntivite, acrescidas da possibilidade de contato com: água, alimentos, vísceras, solo, etc. contaminados por animais que estejam excretando leptospira, principalmente o contato com urina de roedores autorizam a investigação laboratorial. A leptospira pode ser isolada do sangue ou do líquor nos1os 10 dias da doença; da urina a partir da 2a semana onde persiste por 30 dias ou mais. As técnicas de cultura são demoradas e difíceis. Anticorpos podem ser identificados sorologicamente durante ou após a 2a semana. De maneira geral estes testes são realizados em laboratórios oficiais.

Como se previne ?

A leptopirose é problema de saúde pública. A imunização de animais domésticos está indicada de rotina. A falta de controle dos ratos e as más condições de vida da população estão ligados à maioria dos casos no Brasil. Algumas profissões têm tal risco de pegar a doença que tanto a vacinação humana como o uso profilático de antibióticos podem ser indicados.

Fonte: Portal ABC da Saúde

Comentários   

 
-1 #11 laiza mello 19-05-2014 14:18
Legall :/
Citar
 
 
+3 #10 LinduhGatuh 10-11-2013 19:53
Parem de ser criança e colocar esses comentarios gays : colocando muitas carinhas se achando o: "aaaaaaa, vou colocar muitas dessas carinhas para todos me verem, pq sou um(a) pricipe(a)"

Otarios... :-|
Citar
 
 
+2 #9 leticia cristini 10-11-2013 13:49
:D :lol: :-) ;-) 8) :-| :-* :oops: :sad: :cry: :cry: :-? :-x :eek: :zzz :P :roll: :sigh:
Citar
 
 
+5 #8 ana 15-09-2013 00:06
:D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) ;-) ;-) ;-) ;-) ;-) ;-) ;-) ;-) ;-) ;-) 8) 8) 8) 8) 8) 8) 8) 8) 8) 8) 8) 8) :-| :-| :-| :-| :-| :-| :-| :-| :-| :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad:
Citar
 
 
+3 #7 ana 15-09-2013 00:04
ameei pra lição algumas outra tambem :lol: :-) :zzz :P :roll:
Citar
 
 
0 #6 envanja 18-08-2013 19:06
bostaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaaaaaaa aaaaaaaaaa :cry: :o :o :o :o :-? :-?
Citar
 
 
+4 #5 natalia 14-08-2013 18:24
legalllllllllll lllllllllllllll lllllllll :-x
Citar
 
 
+5 #4 ana 16-06-2013 22:34
:cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: q bosta de cit
Citar
 
 
+3 #3 paloma silva 04-06-2013 14:17
amei o site super completo dmais :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
Citar
 
 
+4 #2 anonima 03-04-2013 17:43
:D :lol: :-) ;-) 8) :-| :-* :oops: :sad: :cry: :o :-? :-x :-x :-x :-x :eek: :zzz :zzz :zzz :zzz :P :P :P :roll: :roll: :roll: :sigh: :sigh: :sigh: :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) :-) 8) 8) 8) 8) 8) 8) 8) 8) ;-) ;-) ;-) ;-) ;-) 8) 8) 8) 8) 8) :-| :-| :-| :-| :-| :-| :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :oops: :oops: :oops: :oops: :oops: :oops: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :sad: :o :o :cry: :cry: :cry: :cry: :o :o :o :o :-? :-? :-? :-? :-? :-? :-? :-? :-? :-x :-x :-x :-x :-x :-x :-x :eek: :eek: :eek: :eek: :eek: :eek: :eek: :eek: :zzz :zzz :zzz :zzz :zzz :P :P :P :P :P :roll: :roll: :roll: :sigh: :sigh: :sigh: :sigh:
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar